imagem-
14-01-2020 Diamantes com adicional de 34,7 milhões de dólares em 2019

A receita bruta da produção do sector diamantífero angolano atingiu, durante o ano de 2019, mil milhões, 263 milhões, 141 mil e 553 de dólares americanos, representando um aumento de 10%, resultando numa receita adicional de USD 34,7 milhões em relação ao ano de 2018.

Em 2019, da produção industrial foram comercializados nove milhões, 114 mil, 890,70 quilates ao preço médio de USD 138,58/quilates, sendo (em 2018 foi de USD 148,65/quilates), tendo se verificado uma redução de 7% do preço médio, de acordo com o presidente de conselho da empresa de diamantes de Angola (Endiama), Ganga Júnior.

O total de quilates recuperados em 2019 (Industrial e Semi-industrial) foi de nove milhões, 121 mil e 515,07 quilates, produzidos por 12 sociedades mineiras, sendo três de Jazigos primários e nove de Jazigos secundários, disse durante o balanço das actividades desenvolvidas pela empresa.

No âmbito da produção própria, a Endiama realiza as suas operações nas minas de Lunhinga e Uari.

Entretanto, anunciou a construção do centro de formação profissional no Pólo de Desenvolvimento de Saurimo Agro-Indústria (Plantação de Palma, fruteiras, madeira, etc.)

A empresa vai promover também as casas de lapidação, tendo como objectivo a redução do desemprego e a melhoria do nível de vida das comunidades.