imagem-
13-01-2020 Angola na 10.ª Assembleia de Energias Renováveis

Angola participa desde sábado, dia 11 de Janeiro,  na 10ª Assembleia da Agência Internacional de Energias Renováveis (IRENA), em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, que debate, entre outras, questões relativas à segurança energética e a defesa do meio ambiente.

A IRENA é uma organização intergovernamental líder mundial em questões de energias renováveis, que reúne anualmente 150 países e mais de 1.500 delegados, para analisar assuntos do sector e adoptar um caminho energético seguro para a defesa do meio ambiente.

Uma nota de imprensa chegada à Angop refere que a 10ª Assembleia da IRENA é uma importante iniciativa para o alcance dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pelas Nações Unidas.

Angola participa no evento com uma delegação composta por altos funcionários do Ministério da Energia e Águas.

Na abertura da reunião, o director-geral da IRENA, o italiano Francesco La Camera, destacou a importància das energias renováveis no desenvolvimento das estratégias climáticas globais para a protecção ambiental, segurança energética e a melhoria de vida das populações em zonas isoladas.

 “Temos energia renovável à nossa disposição hoje para tornar o futuro mais previsível, mais próspero, mais inclusivo e mais seguro”, frisou, alertando para a necessidade de se tomar decisões correctas, que permitam entrar com confiança na próxima década.

A energia renovável desempenha um papel central na consecução de vários objectivos, incluindo o acesso à energia, segurança climática, crescimento económico sustentável e cidades sustentáveis.

De acordo com um relatório da IRENA, as energias renováveis podem criar cerca de 40 milhões de empregos em 2050, num cenário energético com segurança climática.

Os Estados-membros da ONU e as organizações regionais intergovernamentais para a integração económica decidiram, a 26 de Janeiro de 2009, numa Conferência Internacional sobre Energia, constituir a Agência Internacional de Energias Renováveis (IRENA), para promover a cooperação no domínio do desenvolvimento e uso das tecnologias das energias renováveis.