imagem-
29-01-2020 Ministra das Finanças quer acelerar instrumentos do mercado de capitais

A ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa, manifestou a necessidade de se acelerar o aprofundamento dos instrumentos do mercado de capitais para o financiamento da economia angolana.

De acordo com uma nota de imprensa, Vera Daves de Sousa, exteriorizou essa posição, sexta-feira, 24 de Janeiro, em Londres, Reino Unido, depois da assinatura de um acordo de formação entre a London Stock Exchange Group (LSEG) e a Bolsa de Dívida e Valores de Angola (Bodiva).

Os termos do acordo estabelece um programa de capacitação institucional e profissional com a designação “Readiness to Capital Markets” (Prontidão para os mercados de capitais), a fim de conferir maior robustez ao Programa de Privatização (Propriv).

A partir de Maio de 2020 serão ministradas três sessões de formação a administradores das empresas que integram o Propriv, membros da Bodiva, IGAPE, CMC, e empresas privadas identificadas e com interesse em capitalizar-se em bolsa.

As formações serão nos domínios relacionados com a preparação dos processos de capitalização em bolsa, nomeadamente estratégia, governança, abordagem de riscos e responsabilidade social corporativa.

 A London Stock Exchange Group (LSEG), através do seu braço para a formação, a LSEG Academy, desenvolve e oferece cerca 180 cursos, frequentados, anualmente, por dois mil e 100 indivíduos em todo mundo.

A cerimónia de assinatura do referido acordo foi prestigiada com a presença do Embaixador angolano no Reino Unido, General Geraldo Sachipengo, da baronesa Lindsay Northover, o Administrador da Bodiva, Mário Caetano João, e altos quadros da LSEG.

 

 

Fonte:Angop