imagem-
27-02-2020 Ano académico no ensino superior abre sexta-feira

O ano académico em Angola abre nesta sexta-feira, 28 de fevereiro, em cerimónia a ter lugar na província de Benguela.

De acordo com o   Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, em comunicado de imprensa, estão criadas as condições para o normal funcionamento de todas as instituições do ensino superior públicas.

Sobre a alegada greve de docentes das instituições públicas de ensino superior veiculadas em alguns órgãos de comunicação social, o ministério afirma não ter recebido nenhuma declaração de greve do Sindicato dos Professores do Ensino Superior (SINPES), conforme imperativo legal previsto na Lei da Greve.

Em relação a dívida para com os funcionários das instituições públicas de ensino superior, adianta ter sido  concluído a tramitação para o seu devido apuramento junto das instituições públicas de ensino superior, com a colaboração do SINPES.

“Este processo está em tratamento com o Ministério das Finanças, tendo o secretário-geral do SINPES participado, como convidado, na reunião entre os dois departamentos ministeriais para tomar conhecimento dos passos subsequentes e da proposta de cronograma para a liquidação da dívida”, lê-se na nota.

O país conta, actualmente, com oito universidades públicas: 11 de Novembro, que abrange as províncias de Cabinda e do Zaire, José Eduardo dos Santos (Huambo, Bié e Moxico), Mandume (Huíla, Namibe), Cuito Cuanavale (Cuando Cubango e Cunene), Kimpa Vita, (Uíge e Cuanza  Norte), Lueji Ya Ankonde, (Lunda Norte, Lunda Sul e Malanje);  Katiavala Buila (Benguela e Cuanza Sul) e a Universidade Agostinho Neto (Luanda e Bengo), num total de oito Regiões Académicas.

 

Fonte: Angop