imagem-
12-11-2020 Luanda Miramar é gerida pelo Grupo Intercontinental

O hotel Intercontinental Luanda Miramar, inaugurado pelo Presidente da República, João Lourenço, uma unidade de cinco estrelas, será operada pela cadeia hoteleira mundial do Grupo Intercontinental (IHG).

O ministro dos Recursos Minerais, Petróleos e Gás, Diamantino Azevedo, disse que foi concedido o direito de exploração e gestão do Hotel ao Grupo IHG, um passo alinhado com o programa de privatizações do Executivo.Com o pleno funcionamento do Hotel, informou, prevê-se a criação de 900 postos de trabalho directos e várias centenas de postos de trabalho indirectos, tanto para as áreas de especialidade do sector de hotelaria e turismo, como para as funções de suporte administrativo e operacional.

Diamantino Azevedo esclareceu que, na fase de início da operação, estarão engajados cerca de 150 trabalhadores. O número de expatriados, garantiu, não ultrapassará os 5 por cento do total de trabalhadores previstos. A conclusão do empreendimento é resultado do trabalho desenvolvido pelos membros da Comissão Interministerial de Acompanhamento, criada por Decreto Presidencial.

O empreendimento inclui outras notas de referência, nomeadamente uma recepção principal, três espaços comerciais, seis cozinhas, restaurantes, cinco salas de reuniões, 11 elevadores, duas escadas rolantes, um salão de eventos com capacidade para 630 utentes, piscinas, SPA, heliporto, parque temático e um casino. O gestor do hotel, Nuno das Neves, disse que o Intercontinental Luanda Miramar marca a presença do IHG em África, estreitando a marca Intercontinental em Angola. 

 

Fonte: Jornal de Angola