imagem-
19-02-2021 Presidente da República felicita nova directora-geral da OMC

O Presidente da República, João Lourenço, felicitou, ontem, a nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala, pela eleição ao cargo de directora-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), ocorrida na segunda-feira, e desejou-lhe êxitos nas novas funções.

Numa mensagem endereçada a Ngozi Okonjo-Iweala, o Chefe de Estado manifesta a convicção de que a escolha  da nigeriana, que a torna a primeira mulher e o primeiro cidadão de África a liderar a OMC, "é o claro reconhecimento da sua inequívoca competência, demonstrada convincentemente nas funções anteriores desempenhadas”.


Segundo o Presidente João Lourenço, aquelas funções catapultaram Okonjo-Iweala para patamares de direcção ao mais alto nível da Organização Mundial do Comércio, "uma instituição de grande complexidade e com responsabilidades importantes na acção que desenvolve para gerar consensos, dirimir situações difíceis e favorecer o desenvolvimento económico de todas as Nações do mundo. Desejo-lhe muitos êxitos no desempenho das suas novas funções, nesse grande palco da diplomacia internacional. Queira aceitar, Excelência, a expressão dos nossos sentimentos da mais elevada estima e consideração”, conclui a mensagem do Chefe de Estado,  João Lourenço.

A Missão Permanente de Angola junto do Escritório das Nações Unidas e outras Organizações Internacionais, em Genebra referiu, segunda-feira, em nota, que o país está pronto a fornecer todo o apoio necessário à nova directora-geral da OMC. Segundo a nota, Angola espera que os 162 membros da OMC redobrem os esforços e promovam, conjuntamente, o sucesso e a melhoria da imagem da organização.

A nova directora-geral da OMC foi ministra das Finanças e das Relações Exteriores da Nigéria. Iniciou a carreira, em 1982, no Banco Mundial, onde trabalhou por 25 anos. A OMC é responsável por legislar e acompanhar as transacções económicas e comerciais realizadas entre os diferentes países. 

 

Fonte:JA