imagem-
15-03-2021 Chefe de Estado lamenta morte do Embaixador Bento Ribeiro

O Presidente da República, João Lourenço, lamentou, nesta segunda-feira, a morte do embaixador Alberto do Carmo Bento Ribeiro, ocorrida em Lisboa, Portugal, vítima de prolongada doença.

 Em mensagem de condolências, o Presidente João Lourenço refere que recebeu com "grande pesar a infausta notícia" do falecimento do embaixador Bento Ribeiro.


O Presidente da República destaca o envolvimento, desde muito novo, do embaixador na luta de Libertação Nacional.

Na mensagem sublinha o facto de Alberto do Carmo Bento Ribeiro ter sido responsável das comunicações do MPLA na guerrilha e de integrar a primeira delegação do "então Movimento a deslocar-se à capital angolana em 1974".

O Chefe de Estado destaca também os vários cargos exercidos por Bento Ribeiro no Governo depois da Independência Nacional, entre eles, os de ministro da Indústria e Energia, deputado à Assembleia Nacional, embaixador de carreira, tendo cumprido missões na Namíbia, Zimbabwe, Alemanha e nos Estados Unidos da América (EUA).

"O país perde um nacionalista da primeira hora e um diplomata experiente, que soube sempre defender no exterior a imagem e os interesses do povo angolano", expressa o Presidente da República.

Por último, o Presidente João Lourenço endereça à família enlutada "as mais sentidas condolências", "extensivas a todos os seus amigos e companheiros de vida".

Alberto do Carmo Bento Ribeiro, que morreu domingo (14), nasceu a 21 de Dezembro de 1941, na província de Luanda.

 

Fonte: Angop