imagem-
17-03-2021 COVID-19: Reiterada segurança das vacinas

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, reafirmou, nesta terça-feira, que apenas serão ministradas aos cidadãos vacinas seguras e certificadas.

A governante, que falava à imprensa, à margem do encontro da Comissão Multissectorial de Prevenção e Combate à Covid-19 com deputados à Assembleia Nacional, referiu que se criou uma comissão encarregue de vigiar os efeitos adversos da vacina AstraZeneca.

Na óptica da também porta-voz da Comissão Multissectorial de Prevenção e Combate à Covid-19, os efeitos adversos registados até ao momento são normais.  

A ministra da Saúde avançou que após a província de Luanda, pretende-se estender a vacinação para Cabinda, Benguela, Huambo, Huíla e Bié.

Até ao momento foram vacinados 44 mil cidadãos, entre profissionais de saúde, idosos, professores, efectivos das forças de defesa e segurança e governantes.

 

Fonte:Angop