imagem-Dia do Trabalhador
1 de Maio Dia do Trabalhador

O Dia do Trabalhador ou Dia Internacional dos Trabalhadores é celebrado anualmente no dia 1 de Maio em vários países do mundo, sendo feriado em Angola. No calendário litúrgico celebra-se a memória de São José Operário por tratar-se do santo padroeiro dos trabalhadores.

imagem-Dia da paz e Reconciliação Nacional
4 de Abril Dia da paz e Reconciliação Nacional

Dia 04 de Abril de 2002 – Dia da paz e Reconciliação Nacional

A 4 de Abril teve lugar  a assinatura do Memorando de Entendimento Complementar ao Protocolo de Lusaka, entre o Governo Angolano e a Unita, acto que mudou o curso da História de Angola.

O acordo, rubricado em 2002 no Palácio dos Congressos, em Luanda, e presenciado pelo Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, e por representantes da comunidade nacional e internacional, simbolizou o fim de um longo período de guerra, que provocou milhares de deslocados, mutilados e órfãos.

A partir da assinatura do documento, o 4 de Abril passou a ser, entre os angolanos, uma data histórica, por marcar uma viragem decisiva no processo político e no desenvolvimento da República de Angola, tornou-se numa das maiores conquistas do povo angolano após a Independência Nacional, a 11 de Novembro de 1975. O dia 4 de Abril, dia da paz, é feriado nacional.

imagem-Dia do Início da Luta Armada de Libertação Nacional
4 de Fevereiro de 1961 Dia do Início da Luta Armada de Libertação Nacional

Na madrugada de 4 de Fevereiro de 1961, um grupo de mulheres e homens, munidos de paus, catanas e outras armas brancas, atacou a Casa de Reclusão e a cadeia de São Paulo, em Luanda, para libertar presos políticos, ameaçados de morte.

Em resposta ao ataque, o regime colonial-fascista reagiu brutalmente com uma acção de repressão em todo o País, com assassinatos, torturas e detenções arbitrárias.

Essas prisões e assassinatos de várias pessoas indefesas levou alguns nacionalistas a organizarem-se para a luta de libertação.

Novas acções e modos de organização da luta tomaram corpo, interpretando os anseios da população e a necessidade de se passar a formas de enfrentamento que dessem resposta à crueldade da Administração colonial. Para tal valeu a colaboração do cónego Manuel das Neves e de outros nacionalistas.

O papel do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) na preparação e organização da "acção directa" já constava do anúncio feito pelo seu Comité Director, na conferência de Londres de Dezembro de 1960.

O 4 de Fevereiro de 1961 é considerado um marco importante da luta africana contra o colonialismo e é feriado nacional.

imagem-Dia Internacional  da Mulher
8 de Março Dia Internacional da Mulher

O dia 8 de Março é o resultado de uma série de factos, lutas e reivindicações das mulheres (principalmente nos EUA e Europa) por melhores condições de trabalho e direitos sociais e políticos, que tiveram início na segunda metade do século XIX e se estenderam até as primeiras décadas do XX.

 

No dia 8 de Março de 1857, trabalhadores de uma indústria têxtil de Nova Iorque fizerem greve por melhores condições de trabalho e igualdades de direitos trabalhistas para as mulheres. O movimento foi reprimido com violência pela polícia. Em 8 de Março de 1908, trabalhadoras do comércio de agulhas de Nova Iorque, fizeram uma manifestação para lembrar o movimento de 1857 e exigir o voto feminino e fim do trabalho infantil. Este movimento também foi reprimido pela polícia.

 

No dia 25 de março de 1911, cerca de 145 trabalhadores (maioria mulheres) morreram queimados num incêndio numa fábrica de tecidos em Nova Iorque. As mortes ocorreram em função das precárias condições de segurança no local. Como reação, o facto trágico provocou várias mudanças nas leis trabalhistas e de segurança de trabalho, gerando melhores condições para os trabalhadores norte-americanos.

 

 

Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de Março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem ao movimento pelos direitos das mulheres e como forma de obter apoio internacional para luta em favor do direito de voto para as mulheres (sufrágio universal). Mas somente no ano de 1975, durante o Ano Internacional da Mulher, que a ONU  (Organização das Nações Unidas) passou a celebrar o Dia Internacional da Mulher em 8 de Março.

 

imagem-Dia  da Independência Nacional
11 de Novembro de 1975 Dia da Independência Nacional

imagem-Dia Internacional da Criança
1 de Junho Dia Internacional da Criança

imagem-Dia Libertação da África Austral
23 de Março Dia Libertação da África Austral

imagem-17 de Setembro dia do Herói Nacional
17 de Setembro dia do Herói Nacional

Dia do Herói Nacional